Tanzu Community Edition (TCE) parte 1

Durante o VMworld 2021 foi anunciado VMware Tanzu Community Edition, platforma k8s da VMware  a versão free e open source VMware Tanzu.

O Tanzu Community Edition (TCE) vem nos proporcionar mais facilidades de deployment pois permite instalar o tanzu e criar cluster kubernetes em workstations locais com Docker e em outras infraestruturas como vSphere, AWS, Azure.
Com isso qualquer pessoa que queira experimentar fazer POC ou avaliar Tanzu, aprender k8s, ganhar novos skills ou estudar para prova app modernization por exemplo, o TCE se encaixa perfeitamente, não requer licença e oferece mesmas funcionalidade que a versão comercial, apenas suportada pela comunidade open source.


Aqui estamos falando de Tanzu Kubernetes Grid (TKG) uma versão k8s enterprise ready da VMware que pode ser feito deploy em ambientes private cloud VMware vSphere ou em public clouds (AWS, Azure), atenção que TKG não é vSphere with Tanzu que integra o Tanzu directamente no vSphere tornando o ESXi um worker node ciente dos vSphere pods e não faz uso de VMs com container engine instalado por cima.
TKG simplesmente faz uso de VMs com Photon OS correndo enterprise ready k8s da VMware kubernetes por cima.

Parabéns a VMware pela iniciativa, eu estou aprendendo containers e kubernetes em particular o tanzu e já estava a montar infra vSphere para instalar (requer muitos recurssos de compute) e sujar as minhas mãos com hands on do Tanzu, mas com essa iniciativa ficou muito fácil ter um cluster Tanzu, em minutos posso instalar na minha workstation e ter o environment k8s e começar a aprender e testar apps modernas baseadas em containers.

Lembrar que a VMware é membro de Cloud Native Computing Foundation (CNCF) e contribuí em vários projetos open source como harbour, antrea, octant, mais info em:
https://vmware.github.io/ ou https://www.vmware.com/opensource.html

Requisitos

Bom, eu já estou experimentando o Tanzu na minha workstation e posso confirmar que a instalação é bastante simples e tomei a iniciativa de automatizar alguns steps para garantir os requisitos iniciais.

Link com o playbook:
https://github.com/manuh-L/tanzu-tce

Para começar a instalação do Tanzu Community Edition (TCE) na sua workstation requer no mínimo pelo menos:
6 GB RAM
4 CPUs
15 GB Storage
Docker instalado que será o nosso container engine.

Executando o playbook, garante a instalação do Docker, Tanzu CLI e kubectl.

Criar o Management Cluster

O primeiro grande passo para rodar o tanzu começa pelo deploy do management cluster “olho como um especie de front-end” que providência operações de gestão, contém o Cluster-API que é usado para fazer a gestão do workload cluster que contém o workers nodes onde colocamos o workload ou apps a correr. O workload cluster será feito deploy depois do management cluster.

Irei utilizar interface para fazer o deployment do cluster por ser o recomendado, mas também existe a opção CLI.

CLI resume-se em executar apenas:

tanzu management-cluster create -i docker –name dev -v 10 –plan dev –ceip-participation=false

#Inicializar a interface de instalação TCE

tanzu management-cluster create –ui

#Em seguida abrir o browser

http://localhost:8080/#/ui

Abre a janela com as varias opções de deployment. Nesse caso queremos fazer deploy do cluster na workstation local e a opção é Docker.

Faz a validação do docker, NEXT

Management Cluster Settings name

Indicar nome do Management Cluster

k8s network deixo default, não faz overlap com nenhuma rede no meu enviroment

Review config

deploying

E em minutos “dependendo da velocidade da sua interent” temos o management cluster, podemos validar executando.

tanzu management-cluster get

tanzu management-cluster kubeconfig get dev –admin

Contexto contém cluster, user e namespace especifico, para tal vamos trocar o contexto
usando o comando abaixo para mudar de cluster
 
kubectl config use-context dev-admin@dev

kubectl get nodes

Create your workload cluster

Dedploy do workload cluster é feito via CLI

Lembrar que é no workload cluster onde podemos correr as nossas apps.

tanzu cluster create tgk-workload –plan dev

Validate the cluster starts successfully

tanzu cluster list

tanzu cluster kubeconfig get tgk-workload –admin

Set your kubectl context to tgk-workload cluster

kubectl config use-context tgk-workload-admin@tgk-workload

Verify you can see pods in the cluster.

kubectl get pods –all-namespaces

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s