vSwitch: Migração vSS para vDS

VMware vSphere environment possui 2 tipos de tecnologia de switches virtuais, virtual Standard Switch (vSS) & virtual Distributed Switch (vDS), e por exemplo para poder fazer uso das várias funcionalidades como HA, DRS, vMotion é necessário que o virtual switch esteja devidamente configurado, consistente em todos os ESXi hosts do cluster.

Por default o vSwitch já vem no ESXi logo após instalação para permitir ou providenciar conectividade entre as VMs, e não requer nenhuma licença adicional para fazer uso do vSwitch. vSwitch é configurado individualmente, independentemente em cada host, e por ser necessário efetuar configuração em cada hosts gera uma carga adicional de administração meio que desnecessária, é só imaginar num cenário que temos por exemplo 20 hosts novos por adicionar ao cluster, teríamos que efetuar a configuração do vSwitch em todos os hosts 1 a 1.

Fonte: vmware.com

vDSwitch virtual distributed switch é um mais evoluído posso assim dizer, que para o seu uso, funcionamento, configuração requer vCenter e licença vSphere Enterprise plus ou o host tem que fazer parte de um vSAN Cluster. vDSwitches garantem configuração consistente em todos os hosts do data center, não sendo necessário configuração individual em cada host, usando vCenter como centro de administração do virtual switch e VMs Port groups.

Fonte: vmware.com

OS vDSwitches não só facilitarem a administração de rede no vSphere, vDS possui mais features que vSS como:

Network I/O control (NIOC), vSphere vMotion over network, Private VLANs (PVLAN), Link Aggregation Control Protocol (LACP), Netflow, Port Mirroring, Traffic Shaping, Load balancing based on the physical NIC Load, etc.

Então durante a administração pode existir a necessidade de migrar de vSS para vDS, seja por razões administrativas ou para fazer uso das features apenas disponíveis no vDS.

Os Passos

Antes de mais garantir que temos vCenter e licença Enterprise + nos hosts e em seguida proceder com a migração.

Este é o cluster onde tenho 3 hosts, e irei trabalhar com o host 192.168.100.16.

Podemos verificar que o host esta a usar vSS e ainda não esta associado a nenhum vDS.

No Stantard Switch vSwitch0 podemos verificar que tem 2 NICs em modo active, isto é necessário para podermos efectuar a migração com sucesso, caso não tiver duas nics o migration assistant irá dar erro e não será possível fazer a migração por essa ação envolver down time.

Um dos pontos cruciais e criticos é garantir que a VMKernel de management tenha cartas de rede (NICs) redundantes para evitar erro ou down time durante o processo.

Criação de vDS

Para o post ser mais compreensível irei começar por mostrar também a criação do vDS em vez de simplesmente saltar diretamente para o processo de migração.

Para criar vDS, clicar no simbolo de rede na consola vCenter:

Clicar em Networking para configurar novo vDS com as redes necessárias.

Distributed Switch -> New Distributed Switch

Definir nome do vDS, NEXT

Selecionar a versão e compatibilidade do vDS

Definir o número de uplinks para o switch.

Desabilitei NIOC;

Habilitei a criação de um port group “VM Network”

review, FINISH.

No final podemos ver sugestão das próximas ações, como criar port groups e adicionar hosts. É isso que vamos fazer a seguir.

vDS criado

Criação de Port Group

Criar port group equivalente aos que temos no vSS.

Definir nome do port group -> mgmt

Irei deixar tudo default, ainda não tenho VLANs configuradas, caso tivesse seria necessário definir VLAN TYPE.

Security, NEXT

Não irei habilitar Traffic shaping, NEXT

Teaming and Failover, atenção a Load Balancing policy selecione de acordo com requisito ou cenário do seu ambiente, no meu caso homelab irei deixar Virtual Port. Failover order selecionei apenas o primeiro uplink como active e o segundo ficará em standby.

Monitoring NetFlow Disabled, NEXT

Miscellaneous, Next & Finish

Adicionar Host ao vDS

Sobre o vDS, right click e Add and Manage Hosts…

Add Hosts

New hosts e selecionar o host que deseja, NEXT

Na imagem a baixo podemos ver 3 vmnics todas elas associadas ao vSwitch0. Vamos usar vmnic0 e associar ao vDS.

Associar uma vmnic ao uplink do vDS, no meu caso assignei vmnic0 ao uplink 1. E assim o switch ja tem uma NIC.

Manage VMkernel adapter, queremos o VMkernel de Management Network do vSS e migrar para o port group que criamos “mgmt” no vDS.

Selecionar o portgroup que vamos associar a VMkernel network de management.

Depois de selecionar temos essa visão.

No quinto passo temos a opção de migrar rede de VM. É opcional pode ser feito depois de migrar VMkernel ou em simultâneo.

Após migração, topologia final

Ainda é possível notar que tem NICs associadas ao vSS.

Já podemos tirar migrar as restantes adapters para o vDS, para tal é necessário voltar ao migration assistant.

selecionar o host e associar as restantes adapters ao uplink 2 e 3 do vDS.

No final temos o vSS sem nenhum adaptador de rede físico, todos migrados para o vDS.

Até a próxima.

Don’t put limits to your Dreams!!!!!!

Uma opinião sobre “vSwitch: Migração vSS para vDS

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s